Organização | Gestão Desportiva

Skip to Content

More reviews by artbetting.net
BIG Them
category

Categoria: Organização

post

OS RUMOS DO FUTEBOL DE BASE CARIOCA

1a. turma de Gestão Desportiva e de Lazer da FACHA, começando a escrever sua própria história,

Palestra: Os Rumos do Futebol de Base Carioca, organizado pelos alunos.

Parabéns a Yasmin Lourenço e Fabiano Torres!!!

Como disse a Yasmin: “Time de peso hoje na palestra sobre Futebol de Base organizada por mim, Fabiano Torres e o querido amigo Zé Luís! Só craque!”

O curso de Gestão Desportiva e de Lazer da FACHA agradece aos palestrantes
Antônio Garcia (Vasco)
Carlos Brazil (Flamengo)
Eduardo Freeland (Botafogo)
Marcelo Teixeira (Fluminense),

e também a Isaias Tinoco, que por razões profissionais não esteve presente desta vez.

Profa. Valéria Bitencourt, criadora da proposta, nossos Parabéns!!!

 

Foto FB 1 Foto FB 2 Foto FB 3 Foto FB 4

post

GRADUAÇÃO EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER

GD-POST

 

Único curso de Gestão Desportiva e de Lazer no Rio de Janeiro! Para se inscrever, clique aqui:

http://facha.edu.br/formas-de-ingresso/vestibular/tradicional

post

A PRIMAVERA ÁRABE e o 7×1

A PRIMAVERA ÁRABE E OS 7×1
Por Martinho Neves Miranda – Professor do Curso de Gestão Desportiva e de Lazer – FACHA

Primavera árabe 1O assistente de Scherlock Holmes certamente perguntaria: o que tem a ver     uma coisa com a outra? “Tudo meu caro Watson” responderia o             enigmático detetive inglês.

Quando eclodiu a primavera árabe, o ocidente pensou que todos os países envolvidos acordariam numa democracia ao melhor estilo da terra do “Tio Sam”.

Mas não foi bem isso o que se viu. O Egito teve a volta dos militares por meio de golpe de Estado, a Síria mergulhou numa guerra civil sem fim e, juntamente com o Iraque, abriu as portas para o assustador Estado Islâmico.

Mas o que deu errado? Na verdade, foi a expectativa irrazoável da humanidade em querer que um único acontecimento fosse capaz de pôr fim a conflitos étnicos, culturais e religiosos que existem mais ou menos desde a morte de Maomé no século VII.

E o 7×1?

Ah, o 7×1, assim como a primavera árabe, seria, para alguns, o estopim para uma mudança no futebol brasileiro. Mas, de lá pra cá, vimos que nada mudou.

E não mudou porque a alteração de “MENTALIDADE” da gestão do futebol brasileiro exige a presença de “NOVAS MENTES” no poder.

Mas para que isso aconteça, são necessários 2 ingredientes incomuns no futebol desde a chegada de Charles Miller no Brasil: PROFISSIONALISMO e DEMOCRACIA.

Sabendo que de amador o futebol não tem nada, a lei 9615 (art. 27 Parágrafo 13) equipara as atividades profissionais desenvolvidas pelas entidades desportivas às sociedades empresárias para todos os fins.

Para QUASE todos…ouso corrigir.

Isto porque, para ficar em cima do muro, a lei NÃO exige que se constituam como tal, criando um verdadeiro Frankenstein jurídico: entidades desenvolvendo atividades empresariais, mas dirigidas por amadores…

Diante desse cenário, qual executivo ou profissional qualificado irá abdicar de suas atividades profissionais para se dedicar integral e “filantropicamente” a uma entidade?

Mas, o problema não para por aí, pois ainda que se disponha, terá de encarar um processo eleitoral nem sempre transparente e igualitário.

Com estatutos alterados para atrapalhar opositores, colégios eleitorais dissimulados e escrutínios pouco confiáveis, certos dirigentes criaram a receita perfeita para impedir o surgimento de boas e novas lideranças.

Assim, vivendo praticamente sem leis nem fiscalização do Estado, que lava as mãos como Pilatos no credo, o esporte de nosso país habita numa autêntica terra de Marlboro: um ambiente fértil para atrair dirigentes menos altruísticos…

Dentro desse panorama amadorístico e pouco transparente, você ainda acredita nessa tal “primavera do futebol brasileiro”?
*Advogado

 

Leia mais »

post

PROFESSORA VALÉRIA BITENCOURT – CURSO DE GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER FACHA

A Profa. do curso de Tecnólogo em Gestão Desportiva e de Lazer da FACHA  – VALÉRIA BITENCOURT – é uma das autoras do livro “O FUTURO DOS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS – INOVAÇÕES PÓS COPA 2014 E JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS 2016”

2015 Primeira edição /Rio de Janeiro, Brasil

editores

ANDREA DESLANDES

LAMARTINE DACOSTA

ANA MIRAGAYA

O livro está disponível para download

CONDIÇÕES DE PROPÓSITO E USO DESTA PUBLICAÇÃO

Este livro opera como uma plataforma digital sem propósitos comerciais e com livre acesso a usuários mantendo os direitos autorais porem permitindo cópias e divulgação dos textos com identidade dos autores, títulos da contribuição e denominação da fonte. Nestes termos, o objetivo desta publicação é o da criação de um ambiente de inovação científica e tecnológica nas áreas de esportes, educação física e exercícios físicos a partir das recomendações da Agenda Olímpica 2020, emitida pelo Comitê Olímpico Internacional em dezembro de 2014.

post

CICLO DE PALESTRAS – O ESPORTE EM DEBATE

A GESTÃO DO ESPORTE OLÍMPICO NO BRASIL

Na noite do dia 22 de junho de 2015, a coordenação do curso de Gestão Desportiva e de Lazer da FACHA deu continuidade ao Ciclo de Palestras – O Esporte em Debate, no Auditório do Campus de Botafogo. Esta noite o tema abordado foi ‘A GESTÃO DO ESPORTE OLÍMPICO NO BRASIL’.

Foram recebidos para compartilhar seu conhecimento com nossos alunos, Márcio Trindade – Vice Presidente de Esportes Olímpicos do Fluminense Football Club, René Machado – Superintendente de Esportes Olímpicos do Fluminense Football Club e Amauri Machado – Técnico Principal de Natação do Minas Tênis Clube. Intermediou o debate que sucedeu a palestra, a fundadora do Sou do Esporte – Fabiana Bentes.

Na ocasião, foram apresentados os modelos organizacionais dos clubes, a geração de receita financeira, a distribuição desta como benefícios para associados e seus investimentos na área esportiva, bem como de infraestrutura.

A intenção da coordenação do curso de graduação em Gestão Desportiva e de Lazer é promover o acesso de seus alunos ao conhecimento e ao debate sobre ações que envolvem o tema Gestão Desportiva em nosso país, fomentando a reflexão e o pensamento sobre este assunto.

Esta reunião contou com a presença dos alunos da primeira turma de Gestão Desportiva e de Lazer da FACHA, a qual tem como proposta contribuir com a formação de gestores qualificados para o mercado de trabalho.

 

Blog Amauri, Fabiana, Márcio

IMG_513411425189_894575013948096_2345799884597319834_n

post

CICLO DE PALESTRAS – ESPORTE EM DEBATE – GESTÃO DO ESPORTE OLÍMPICO NO BRASIL

Ciclo de Palestra - Gestão do Esporte Olímpico para fb

 O Ciclo de Palestras Esporte em Debate será realizado no dia 22 de Junho de 2015, na FACHA Botafogo.

Os gestores de esportes olímpicos do Minas Tênis Clube e do Fluminense Futebol Clube apresentarão sua experiência. A intenção é fazer um contraponto entre um clube que tem e outro que não tem futebol. O Minas Tênis Clube é um case de sucesso nacional, pois consegue manter 8 esportes olímpicos de alto nível e o Fluminense Football Club é um grande celeiro de atletas e mostrará suas dificuldades para manter o esporte olímpico amador num clube de futebol e o que estão fazendo para superá-las.

Convidamos a participar, contribuir e compartilhar seu conhecimento e experiência.

Inscreva-se: http://bit.ly/1KBjPGJ

post

Neste final de semana acontece o 10º Congresso Carioca de Educação Física, com diversos cursos de atualização para profissionais de Educação Física e de outras áreas. Para os futuros gestores esportivos, alguns cursos podem agregar valor na busca da construção do conhecimento nessa área:
 
Introdução ao Direto Desportivo: o curso vai abordar as principais peculiaridades dessa área relativamente nova e que possui um amplo espectro de atuação para os interessados. Quem irá ministrar o curso é o professor Angelo Vargas, um dos pioneiros no desenvolvimento do assunto no Brasil. Mais informações no endereço http://www.congressocarioca.com.br/curso/introducao-ao-direito-desportivo/
 
Workshop de gestão de academias: a falta de capacitação de muitos gestores nessa área leva grandes empreendimentos ao fechamento em um espaço de tempo relativamente curto. Nesse sentido, a capacitação de quem quer atuar nessa área torna-se fundamental para dar novos rumos às empresas desse setor. E um dos pontos chaves desse tipo de negócio (e de qualquer outro) é a montagem de um plano de negócios. Esse será o tema desse workshop, onde o professor Carlos Cardoso irá mostrar um passo a passo do desenvolvimento dessa ferramenta. Mais informações no endereço http://www.congressocarioca.com.br/curso/workshop-de-planejamento-estrategico-e-financeiro-para-academias/
 
Informações adicionais podem ser solicitadas através do telefone (21) 98768-5551 ou no site www.congressocarioca.com.br

 

post

Curso de Gestão Desportiva da FACHA na TV Boas Novas – Programa Cabeça Pra Cima!

post

Escolinha de tênis na Rocinha

rocinha Projeto inaugurado nesta sexta-feira atenderá 200 alunos da comunidade

Leia mais »

post

Mais de 300 vagas no Comitê Rio 2016

rio_2016 Entidade faz nova chamada para profissionais, de diferentes áreas, que queiram atuar na organização das Olimpíadas.

RIO — Quem sonha em trabalhar para os Jogos Olímpicos no Rio, pode atualizar o currículo: o Comitê Rio 2016, responsável pela organização do evento, anunciou a abertura de 340 novas vagas em diferentes áreas, para início neste primeiro trimestre. Até o fim do ano, serão contratadas mil pessoas para atuação durante o evento. A entidade já tem mil funcionários e, ao todo, funcionará com dois mil.

Leia mais »